terça-feira, 13 de abril de 2010

Bate-Papo com Janine Cardoso


Jan, quando veio a vontade de se tornar uma escaladora profissional?

rsrs... na verdade, eu nunca tive vontade ou objetivo em me tornar profissional, as coisas simplesmente aconteceram, e quando eu vi, a coisa já era assim. Eu sempre gostei de competir, desde o primeiro ano de escalada, para mim é motivante e desafiador.

E a maternidade? Como foi, no meio da carreira?

Foi uma surpresa boa na verdade... Não foi programada para o ano que veio, apesar de estar sendo cogitada para o ano seguinte; mas veio na hora que tinha que vir!!
Graças a uma lesão em uma etapa da Copa do Mundo, eu relaxei nas prevenções, e foi certeiro... Mesmo na gravidez, não parei de escalar...mais forfun

Quanto tempo de estrada, ou melhor, na vertical?

16 anos, sem nunca parar.

Deixa um recado para os admiradores e para a moçadinha que está começando e sonha em ser profissional...

Haahha... Cada um sabe o tamanho de seus sonhos... O que importa é sonhar... Pois tudo nasce a partir de um desejo verdadeiro e puro. Se for feito de coração, já valeu a pena.

Um pensamento que deixe aí a sua essência e sua relação com a natureza...

rsrs... Nossa Fe... tem muitas frases. As que melhor me traduzem são sobre paixão. Como aquela do Charlie Chaplin, de viver com paixão, atrever-se, arriscar-se, não ligar para o que os outros pensam...
Nunca me importei em perder, mas eu sempre quis muito ganhar...
Tem outra que gosto, mas não me traduz 100%... Julgue seu sucesso pelas coisas que teve que renunciar para conseguir. ( Dalai Lama)

Beijos Jan, sucesso sempre, você merece!!!!!

Um comentário:

Marcelo Bastos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.